terça-feira, 25 de fevereiro de 2014

capitulo 38 penúltimo MINI



Por Joe :
Os lábios dela eram tão macios, não havia sensação mais gostosa que beijá la depois de comermos salada de frutas, era uma mistura de sabores deliciosa, gostava de sentir seus dedos percorrendo meu braço tão de leve que mais parecia querer me provocar cócegas. Nosso relacionamento havia atingido um nível que nunca antes havia conseguido com outra, minhas vontades eram respeitadas, nós nos complementávamos, nós nos admirávamos e foi tão intenso... Até determinado momento no casamento de Nick não tinha a certeza de que seria ela a pessoa certa em minha vida e de repente... não era apenas ela, ou somente ela. Percebo que são eles as pessoas certas em minha vida... e quem poderia prever que me apaixonaria tão cegamente, sem conseguir diferenciar o sentimento que havia por um e por outro... Sentia-me verdadeiramente feliz. Tudo ao meu redor se encaixava perfeitamente, ainda que a Battlestar estivesse passando por momentos mais complicados e a distância por conta das viagens de negociações nos obrigava a estarmos longe... sempre dávamos um jeito de não perdermos aquele sentimento tão especial e tão louco que se perpetuava a cada dia mais intensamente. Demetria me deu um gato de presente, um gato de nome Brad, ela mesma escolheu o nome ridículo do gato persa, ela não era boa com nome de bichos, definitivamente não.Mas aceitei numa boa .....esta é apenas uma das coisas que eu faço por essa mulher ...a minha mulher ...
......EM OUTRO LUGAR LONGE DALI ...
...............................
Por Sel :
Estava na minha loja de churros ...pois é ...realizei meu sonho e contratei uma amiga para me ajudar Mônica
O celular tocou, Mônica o atendeu sorrindo e logo o passou para mim. Demetria ...
— Fala minha irmã. Bom dia.
— Bom dia, Sel tá pensando em fazer o que neste lindo feriado?
— Demi...tô na loja ..pq até no feriado eu trabalho querida ..mas eu acho q dá pra mim sair mais cedo daqui ...a Mônica segura as pontas pra mim ...
— Ok ...  vem lanchar comigo... e traga uma cesta de bolinhos de chuva recheados.
— Recheados variados?
— Menos de banana!
— Menos do seu preferido, certo... enjoou deles?
— Enjoei sim.
— Tá legal, nos vemos lá pelas dezesseis horas.
Demetria  comia tanto os bolinhos recheados de banana caramelada que nos últimos dias era um prejuízo quando ela colocava os pés na loja! Ainda que o marido dela fosse meu sócio, não dava pra ignorar o fato de que comia o tempo todo sem pagar... Ah minha Nossa... Estava pegando o pão durismo de David...
Passeamos na praia, Mônica e eu, almoçamos no quiosque e só então fomos para a loja no shopping, esse era definitivamente o lado ruim do comércio, não tinha jeito de fechar pra descanso... todo dia marcávamos ponto por lá, mas no fundo não reclamava, qualquer coisa era melhor que trabalhar onde Demi e eu
trabalhávamos.
— Mônica, faz um favor pra mim? Dá uma conferida no livro estoque e compara com o que tem de fato.
— Claro, tudo bem. E você o que vai fazer?
— Livro caixa, vou conversar com o gerente... — naquele instante avistei uma cobra serpenteando na direção da loja — ...Oh Deus... — Senhor dai me paciência, foi o que pedi em meu íntimo.
Mônica se virou e soltou um suspiro demorado, depois se retirou.
— Boa tarde, Sel.
— Boa tarde, Nina. Em que posso ser útil?
— Faz tanto tempo que a gente não se fala, estava aqui com meu namorado e te vi passar... a loja é sua?
— É.
— Hmm... Legal... e a Demetria ? Tudo bem com ela?
— Tudo bem com ela, comigo,com meu namorado David, o Joe, tio Bento, Nick, Miley, tia Ana, Alex, tudo bem com todo mundo. — sei que fui agressiva naquele momento,... paciência era o que eu não tinha!
— Desculpa eu... só pensei em te cumprimentar... saber como estão todos...
— Já que estamos falando da saúde de todos, e o Ian... notícias dele?
— Nos falamos um tempo depois do casamento, ele estava se sentindo muito sozinho, Nick não queria mais nem olhar pra ele... Mas foram só alguns telefonemas...
— E seu namorado, quem é?
— Ah o Wagner, ele é professor da academia onde estou fazendo dança...
Estiquei os olhos na direção em que Nina olhava, e que coisa mais horrorosa era aquele homem? Parecia um monstro de tanto músculo e pelo  jeito com que ele olhava para as meninas ao redor... Nina devia ser a mais corna das namoradas... A justiça tarda mais não falha.
***
Quando Demi abriu o portão para me receber, percebi na hora que tinha alguma coisa diferente acontecendo, ela estava com um sorriso tosco, fazia tempo que não a via com aquela cara, desde... desde a primeira vez que transou com o Joe .
— Trouxe meus bolinhos?
— É lógico e boa tarde pra você também, que mania de não falar direito comigo.
— E Mônica?
— Ficou na loja, resolvendo umas coisas pra mim... Você não vai acreditar quem perguntou por você?
— Quem? Se disser ninguém vou bater em você.
— Quase isso... Nina.
Demetria parou nos degraus antes de abrir a porta da sala e me olhou desconfiada.
— Sério?
— A vaca deve estar com a cabeça pesada de tanto chifre! Arrumou um bombadão, parece um corneto, cara esquisito com pernas finas e um nariz... ele me lembrou... — não aguentei, com a lembrança do rosto do homem e cai na gargalhada — ele tinha a cara do Popeye!
— Cruzes, que horror. Ah, foda-se. E meus bolinhos?
— Aqui.
Adorava a casa deles, tudo era tão clarinho e havia tantas plantas e claridade...
— Cadê o fedorento?
— Conseguimos mandá-lo pro banho e tosa. Sente-se, vamos conversar um pouco.
— Sim, sabia que tinha alguma coisa pra me contar.
— Tenho um convite pra fazer, na verdade Joseph e eu temos.
— Por falar nele, cadê o bonitão?
— Está no quarto, conversando com a nonna... Ah! Olha ele vindo!
Joe se aproximou e nos abraçamos, ele sorria tão feliz, então ficou ao lado de minha melhor amiga e seguravam as mãos.
— Falou com a nonna? — Demi perguntou baixinho, parecia tensa.
— Tudo certo. — respondeu com um sorriso ainda mais aberto.
—... Mas fala, o que vocês querem?
— Lembra do meu aniversário de 31 anos?
— Inesquecível! Ficamos um tempo no banheiro...
— Lembra do que conversamos um pouco de ir embora?
— Ah não vou lembrar.... Refresque a minha memória, mas antes refresque a minha garganta, por favor, cerveja?
— Temos. — Demi serviu a bebida em uma taça e a deslizou suavemente para mim.
— Não vão me acompanhar?
— Não estou com vontade.
Olhei para Demi esperando sua resposta, ela sorriu e uma de suas sobrancelhas arqueou levemente.
— Gestantes não devem ingerir bebida alcoólica.
O Mundo parou..............
Então um grito enorme explodiu de mim e logo dela!
_ Você será a madrinha! ...
_ Seria a madrinha com muito orgulho..
 Meus olhos marejaram e os dela também. Já conseguia me ver ensinando tudo o que realmente valia a pena ser ensinado para aquela criança... Suspirei. Sorri de lado. Às vezes acho que a D não pensa muito bem em suas decisões.

............continua ...........

NOSSA ...SINTO MUITO POR NÃO TER POSTADO ANTES ...
MAS ENFIM .......ESTÁ ACABANDO A FIC .....TALVEZ AMANHÃ OU DEPOIS  EU POSTO O ÚLTIMO .....ESTE FICOU PEQUENO ...PQ QUERO DEIXAR AS PARTES LEGAIS PARA O ÚLTIMO ......MAS MESMO ASSIM ...QUERO SEUS COMENTÁRIOS VIU AMORES .....DEPENDENDO DO TANTO DE COMENTÁRIOS TIVER AMANHÃ POSTO .....
E A OUTRA FIC ...TAMBÉM VAI SER UMA ADAPTAÇÃO DE UM LIVRO ..COMO ESTE FOI ...QUANDO EU POSTAR O ÚLTIMO CAPITULO EU COLOCO O NOME DO LIVRO E DA AUTORA ...PRA QUEM QUISER VER ....E A PRÓXIMA FIC EU TÔ FAZENDO UM VIDEOZINHO PRA VCS ....ENTÃO É ISSO GENTE ....BJSSS








10 comentários:

  1. naoooooo, amo essa fic quero mais mais maiiiiiis

    ResponderExcluir
  2. ele tinha a cara do Popeye kkkkkkkk
    Amei o Capitulo Poste logo!! Bjs

    ResponderExcluir
  3. Amei! Essa fic é tão engraçadinha adiei tudo nela, desde o começo, posta logo!
    Bia

    ResponderExcluir
  4. Ah não acredito que está a acabar ....quero mais ....esta perfeito....ansiosa pelo Capítulo final.. ...posta logo please ...não vou aguentar de ansiedade...

    ResponderExcluir
  5. Scrrrrr posta logo pleaseeeeeeeee
    mel

    ResponderExcluir
  6. Perfeito
    Posta logoo sua diva
    Beijos sz

    ResponderExcluir